top of page

Corretora de bitcoin que prometia 30% ao mês congela saques e preocupa investidores




Uma corretora de bitcoin regulada pelo governo da Venezuela congelou saques para os clientes, causando preocupação em investidores que ainda mantinham seus recursos na plataforma.

Chamada CoincoinX, a corretora confirmou o congelamento dos saques na última segunda-feira (17), afirmando que a culpa envolve o atual momento por qual passa o mercado cripto venezuelano.

Quem acompanha o incidente comparou o caso com outros golpes no mercado, em que corretoras suspendem repentinamente os saques aos clientes e em seguidam quebram. Na Venezuela, a situação tem piorado após o governo de Nicolas Maduro encontrar um caso de corrupção na divisão estatal de criptomoedas do país, a Sunacrip.

Os rumores de travamentos de saques começaram no sábado (15), quando saques de bitcoin e fiduciários já não eram permitidos pela empresa.

Corretora de bitcoin regulada suspende saques a clientes

O que realmente chama atenção para o caso envolve o fato da CoincoinX ter sua operação totalmente regulada pela Sunacrip, órgão estatal de criptomoedas da Venezuela.

Após o caso de corrupção no país, o governo de Nicolas Maduro tem rapidamente se afastado da tecnologia. Isso porque, milhões de dólares do país sumiram após um dos coordenadores da Sunacrip ter desviado recursos da venda de petróleo por criptomoedas. A situação ainda segue sob investigação, mas a reação do governo tem chamado a atenção.

No caso da CoincoinX, a plataforma diz que o congelamento de saques se deve ao “contexto regulatório que estamos enfrentando em nosso país”. A corretora disse que aguarda uma liberação regulatória para liberar as criptomoedas dos clientes, mas que por enquanto não pode proceder com saques.

A corretora informou ainda que compreende a ansiedade que provoca em seus clientes com a atitude, mas que agradece a paciência de todos. O caso chama atenção, visto que pode ser um dos primeiros congelamentos de saques a pedido do governo em uma corretora de bitcoin na América do Sul, em uma operação regulada.

Em nota pública, a corretora também diz que os custos para manter seu serviço aumentaram, se tornando inviável continuar a prestar seus serviços. Assim, tudo indica que mesmo com aprovação regulatória, os serviços da corretora chegam ao fim.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page